Powered by WP Bannerize

Rss

Assembleia em Esperantinópolis garante carga horária justa para professores

Os educadores do município Esperantinópolis participaram na manhã desta quinta-feira (10) de uma assembleia da categoria, na qual decidiram por ampla maioria pela carga horária de 13/50 considerada justa pelos profissionais da Rede Municipal.

 

Segundo o presidente do núcleo Sinproesemma local, Paulo Cesar da Silva, avanços já foram conquistados, como reajuste de 8%, ano passado, mas a luta não pode parar. Ele conta que depois de algumas rodas de diálogos com o gestor municipal, prefeito Aluísio Carneiro Filho (PC do B), que queria implantar uma carga horária de 16 aulas de 45 min semanal, a categoria não aceitou e vou para o embate.

“A categoria resistiu e não aceitou, então reunimos os professores em assembleia da categoria e decidimos o melhor para o profissional, decidimos pela carga horária de 13 aulas de 50min por semana por considerarmos o justo, essa informação foi repassada ao gestor municipal para que se faça cumprir o que é melhor e mais justo para a categoria”, explicou Paulo Cesar.

“Mesmo com mais esse avanço nós vamos  continuar lutando junto a Administração Municipal  por melhorias para toda a Rede Municipal de Educação, e pela valorização da categoria”, finalizou o presidente do núcleo Sinproesemma na cidade.

A assembleia contou com a participação da secretária de Representação dos Núcleos Municipais, Janice Nerydos e demais dirigentes do Sinproesemma estadual.