Powered by WP Bannerize

Rss

Vitória em Paraibano: jornada de 13 aulas semanais foi mantida

Depois de sete dias de greve, na luta por direitos, os professores da rede municipal de Paraibano, no Leste Maranhense, retornaram às atividades nesta quarta-feira (28), comemorando grandes vitórias como a garantia do reajuste do piso salarial e a manutenção da jornada de 13 horas-aulas semanais. O acordo que encerrou o movimento grevista foi firmado nesta terça-feira (27), em reunião dos representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) e da Prefeitura de Paraibano.

A categoria estava em mobilização intensa desde o dia 21 deste mês. Ao longo do movimento, os professores asseguraram conquistas para a carreira do magistério, mas faltava definição com relação à jornada de trabalho, que a prefeitura tentava aumentar o tempo do profissional em sala de aula, contrariando o que determina a Lei do Piso (11.738/2008), que manda reservar 1/3 para atividades de planejamento. O aumento da jornada é uma orientação errada da Federação de Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), uma medida combatida, veementemente, pelo Sinproesemma. A organização sindical e o propósito firme da categoria em manter essa conquista da Lei do Piso foram fundamentais para as vitórias asseguradas pelos professores.

Segundo a coordenadora do núcleo do Sinproesemma no município, Maria Aparecida, com a mobilização, a categoria conquistou vários avanços importantes. Além do pagamento do reajuste do piso, com retroativo a janeiro, a dirigente explica que houve a definição do pagamento de pendências relativas ao décimo terceiro e ao terço das férias, acumuladas em 2017. Com a a vitória da manutenção da jornada de 13 horas-aulas, o sindicato suspendeu o movimento e solicitou readequação do cronograma escolar para reposição das aulas.

Registros de momentos da mobilização que rendeu vitórias aos educadores

Acampamento de greve

Reunião com Janice Nery, secretária de Representação dos Núcleos Municipais

Deliberações

Protesto nas ruas de Paraibano