Powered by WP Bannerize

Rss

Sinproesemma participa da tradicional Romaria do Trabalhador da área Itaqui Bacanga

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) participou da 28ª Romaria do Trabalhador da área Itaqui-Bacanga, realizada neste 1º de Maio, em São Luís. Nem mesmo a chuva que caiu no começo da tarde impediu a participação de centenas de pessoas na celebração do Dia do Trabalhador.

Com os temas “Vida sim, violência não” e “Com Cristo somos mais fortes”, a histórica romaria saiu da igreja Nossa Senhora da Penha, no Anjo da Guarda, percorreu as avenidas dos Portugueses e Sarney Filho, finalizando na Igreja Nossa Senhora do Povo, na Vila Embratel.

O evento contou com participação de trabalhadores de diversos segmentos, sindicalistas e representantes de centrais sindicais, que utilizaram a data para protestar contra as violações das leis trabalhistas no Brasil, defender direitos sociais e mostrar indignação contra a situação de desrespeito às leis que impera atualmente no país.

“Diante dos ataques que estamos sofrendo em nosso país, uma caminhada como essa serve para mostrar nas ruas a nossa indignação. Se faz necessário toda a sociedade estar unida, neste momento em que vários direitos estão sendo retirados, causando muito sofrimento aos trabalhadores. Este ano, temos que dar respostas nas urnas, mostrar nossa revolta e escolher candidatos que tenham compromisso com a população e com as causas sociais, com a saúde, educação e outras que são pilares importantes para que tenhamos uma qualidade de vida e um país melhor para todos”, destacou o presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira.

Promovido pelas paroquias das igrejas católicas de São Daniel Comboni (Vila Embratel), Nossa Senhora da Penha (Anjo da Guarda) e São José do Bonfim (Vila Nova), o evento, que reúne todos os anos centenas de pessoas da área Itaqui-Bacanga e de outros bairros de São Luís, mantém viva a tradição da caminhada em favor da vida dos trabalhadores e trabalhadoras, dos desempregados, dos marginalizados e excluídos, reivindicando o direito  à saúde, alimentação, educação, cultura, segurança, ao lazer, esporte, transporte público, trabalho e renda e ao meio ambiente saudável.

O ex-presidente do Sinproesemma, professor Odair José, participou da caminhada e destacou a importância da união dos trabalhadores, em um dia especial como o Dia do Trabalhador, para repudiar a política de desrespeito às leis no Brasil e defender direitos sociais importantes para a  sociedade. “Estamos fazendo o nosso papel de denunciar os ataques à democracia, a violação dos direitos e reivindicar respeito às leis e aos trabalhadores”, disse Odair.

Além do Sinproesemma, participaram da mobilização representantes de entidades como Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado (Sindsep), Fórum Maranhense de Mulheres, Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho do Estado do Maranhão e União Nacional por Moradia Popular.