Powered by WP Bannerize

Rss

Sinproesemma pede explicação à prefeitura de Sucupira acerca de valores repassados ao INSS

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), núcleo de Sucupira do Norte, pediu esclarecimentos sobre a situação dos professores da rede municipal, que já estão aptos à aposentadoria e não podem ter acesso ao benefício porque há irregularidades nos repasses de contribuição previdenciária ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os valores da contribuição repassados ao INSS não são os mesmos que constam nos contracheques dos professores.  O sindicato cobrou explicações também sobre os professores que entraram na rede em 2015 e ainda não estão cadastrados na Previdência.

Em reunião com a gestão municipal, no início deste mês, a coordenação provisória do núcleo teve como resposta dos gestores o compromisso em regularizar, dentro de 30 dias a situação dos repasses e do cadastro dos professores.

“Deste que assumimos a coordenação provisória buscamos esclarecimentos de dois assuntos: a prestação de contas de 2017 por conta do reajuste de 15% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e a questão do INSS, porque constatamos que há irregularidades nas informações apresentadas pelo município e queremos soluções imediatas”, destacou Rodrigo Ribeiro Costa, coordenador provisório do Núcleo.