Powered by WP Bannerize

Rss

Educadores do Maranhão comemoram mais uma conquista da luta do Sinproesemma

Os professores da rede pública estadual do Maranhão contabilizam mais uma importante vitória da Campanha Salarial de 2018: a gratificação de 30% para todos os professores que trabalham com educação especial e Condição Especial de Trabalho (CET) para gestores de escolas. A conquista foi anunciada nesta segunda-feira (11) pelo Governo do Estado e atende a mais um item da pauta de reivindicações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma).

“”É uma grande vitória para o sindicato e para a categoria. Soma-se às conquistas já alcançadas este ano, como o reajuste de 6,81% concedido integralmente e nos vencimentos, e ao histórico de conquistas que o sindicato vem capitaneando desde 2013, com a aprovação do Estatuto do Educador.  Foram mais de 28 mil progressões, mais de 5 mil promoções, carca de 10 mil titulações, concurso público para 40 horas com 1.500 vagas, 2.400 vagas para ampliação e unificação de matrículas e eleições diretas para diretor de escolas. Tudo isso, fruto da luta do sindicato. São demandas da pauta e da mesa permanente de negociação da entidade, atendidas por meio do diálogo”, destacou o presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira.

O secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão, destacou que a gratificação para a educação especial e a CET para gestores são mais duas grandes conquistas que foram alcançadas com a luta do Sinproesemma. “Foi graças ao esforço e a luta do sindicato, que pleiteou, dialogou com o governo e garantiu mais essas conquistas aos educadores do Maranhão. Parabéns!”, disse Camarão.

Reunião da mesa de negociação, realizada em fevereiro deste ano, na qual foi anunciado o reajuste de 6,81%

A partir de julho, a gratificação de 30%, que já é concedida aos profissionais do magistério que atuam nos centros e núcleos especiais, vai ser estendida aos que trabalham também nas salas de recursos multifuncionais das unidades regulares da rede de ensino. A gratificação está prevista no Estatuto do Educador, mas só passou a ser concedida, após regulamentação em lei, feita no ano passado. A CET para gestores de escolas também passará a ser paga a partir de julho, um incentivo a mais para a categoria que contava apenas gratificação de gestão escolar.

“Todas as nossas conquistas são resultado de esforços nossos junto ao Governo do Estado e essa é a nossa luta. Não baixaremos a cabeça nunca e não vamos desistir de lutar por aqueles que acreditam no Sinproesemma e para isso contribuem com o seu sindicato, pois sabem da importância de ter uma entidade sindical que mostra a cada dia que respeita sua classe e acredita no diálogo como meio de avançar por mais valorização”, avaliou Oliveira.

O sindicato vai prosseguir a luta pelo cumprimento dos demais pontos da pauta, mantendo o diálogo como instrumento para obter mais conquistas. “Vamos continuar firmes, no nosso papel. É o recado aos que se opõe à nossa luta e que jogam contra a categoria, na tentativa de confundi-la, com seus interesses escusos e particulares no submundo da disputa, em detrimento da coletividade. Vamos seguir fazendo o melhor pelos educadores do Maranhão, pois esse é o Sinproesemma, combativo, de luta e de vitórias”, concluiu Oliveira.