Powered by WP Bannerize

Rss

Associados aprovam prestação de contas de 2017 do Sinproesemma

Os associados do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) aprovaram, por unanimidade, a prestação de contas apresentada pela direção da entidade, referente ao ano de 2017. A reunião foi realizada no último sábado (30), no Praia Mar Hotel, na Ponta D’areia, em São Luís.

O presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira, coordenou a reunião, com a participação do secretário de Finanças, José dos Santos Brussio, e da secretária-geral, Izabel Lins, assim como os membros do Conselho Fiscal da entidade, que, após o esclarecimento de todas as dúvidas, pela direção do sindicato, deu parecer favorável à prestação de contas, posição acompanhada pelos demais associados.

“Todos nós temos a responsabilidade de acompanhar os gatos da entidade à qual fazemos parte. Na nossa gestão, que defende o lema unidade para avançar nas conquistas, estamos empenhados para fazer tudo de forma transparente para que a entidade seja, a cada dia, melhor para os nossos associados. De forma responsável, temos feito investimentos que são necessários e se alguém tiver interesse em olhar recibos, notas, estão à disposição”, destacou Raimundo Oliveira.

Os associados aprovaram as contas da entidade após avaliação criteriosa dos balanços apresentados e distribuídos pela diretoria e após explanação feita pelos responsáveis pela contabilidade do sindicato, sobre patrimônio, fluxos de caixa (recursos que entram e os que saem), gastos com funcionários, pagamento de direitos trabalhistas, repasses para os núcleos, bens móveis, investimentos na Casa do Educador e na sede social, além de outros gastos.

 

Para o secretário-adjunto de Administração e Patrimônio e coordenador da Regional de Zé Doca, Raimundo Silva, a prestação de conta foi uma das melhores, já realizadas: “Foi a mais tranquila que já presenciei. Com muita transparência e com muita segurança do conselho fiscal, do secretário de Finanças e do presidente do Sinproesemma, que tem tratado a questão orçamentária da entidade com muito respeito”.

“Todos nós temos que ser responsáveis por nossos atos. Se um núcleo, por exemplo, recebe R$ 1,000 reais, precisa mandar as notas para que contabilidade faça a prestação de contas. Só tenho a agradecer a direção pelo apoio e pela transparência desta diretoria. Se não fosse o apoio da direção, nós não estaríamos com a construção da sede do sindicato em nosso município, uma grande obra”. destacou  o coordenador do Núcleo de Lago da Pedra, Valdielcio Moura.

AS LUTAS

O presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira, aproveitou o momento de tranquilidade e de grande participação para destacar as lutas e as conquistas da atual gestão. “Somos uma categoria aguerrida, formado por homens e mulheres que possuem não só a responsabilidade de sala de aula, mais também a de participar dos embates do dia-a-dia, diante de muitos desafios e retiradas de direitos, como a emenda que congela os investimentos na educação e em outras áreas por 20 anos, a reforma do ensino médio, reforma trabalhista, alteração na jornada de trabalho, retirada do imposto sindical e ataques à base nacional curricular. Mas não abaixamos a cabeça. Lutamos e conquistamos vitórias, como reajustes do piso, gratificações, ampliação e unificação da matrícula, entre outras. O salário dos professores do Estado, por exemplo, é considerado o maior do Brasil, mas poderá melhorar ainda mais, isso porque temos um sindicato e uma categoria combativos”, enfatizou Oliveira.

Além do presidente, dos secretários, de dirigentes de regionais e núcleos, participaram da reunião os membros do Conselho Fiscal, Eliene Pinheiro Oliveira, Gildenê Sousa de Carvalho, Altair Barbalho Lima, Jair da Silva Brito e Jorge Silva dos Santos.